sexta-feira, 8 de maio de 2020

Bolo de iogurte e pêra


 Cá está mais uma receita perfeita para dar uso a fruta muito madura. Este foi feito com pêra mas também podem usar maçã, banana ou pêssego.


1 pêra 
3 ovos
120g de iogurte natural
50g de côco ralado
200g de açúcar
80g de óleo
150g de farinha
1 colher (chá) de fermento em pó
1 pitada de sal


Pré-aqueça o forno a 180°C. 
Unte uma forma com manteiga e polvilhe com farinha.
Coloque a pêra no copo e pique 5 segundos / velocidade 5.
Adicione os ovos, o iogurte, o coco, o açúcar e o óleo e bata 2 minutos/ velocidade 6.
Adicione a farinha, o fermento e o sal e envolva 6-8 segundos / velocidade 3
Coloque na forma reservada e leve ao forno cerca de 30 minutos. 
Desenforme e deixe arrefecer.

terça-feira, 14 de abril de 2020

Coelhinhos de Páscoa

   Os rapazes também quiseram contribuir com um mimo para a mesa do dia de Páscoa. E sairam uns coelhinhos fofos e doces. 

 


   
75 g de açúcar
3 colheres (sopa) de açúcar baunilhado
1 ovo
150 g de margarina
300 g de farinha
1 colher (café) de fermento em pó

   Ligue o forno a 180ºC.
   Coloque todos os ingredientes da massa e programe 2 minutos/ velocidade 6.
   Deixe repousar 30 minutos (no frigorífico).
   Seguidamente, estenda a massa com o auxílio de um rolo de cozinha.
  Com moldes em forma de coelhinhos, recorte as bolachas. 
   Coloque-as num tabuleiro forrado com papel vegetal, e pincele com o ovo batido.
   Leve ao forno, pré-aquecido a 180º, cerca de 10 a 12 minutos.
   


domingo, 12 de abril de 2020

sexta-feira, 3 de abril de 2020

Pãodemia

  E cá está o resultado da receita da Filipa Gomes . O pão é delicioso e tão incrivelmente fácil de fazer. A massa não precisa de ser amassada, basta misturar! Não é maravilhoso?
   Experimentem e digam o que acham.



420 g de farinha de cereais
1 colher (café) de fermento de padeiro seco (cerca de 3,5 g)
360 ml de água
1 colher (chá) de sal

   Misture tudo, tapar e deixar levedar por 8-12horas (ou até 24h).
   Findo esse tempo, enfarinhe uma folha de papel vegetal e deite a massa.
   Puxe de dentro para fora algumas vezes até formar uma bolinha. 
   Vire a costura para baixo e deixe descansar tapado.
   Ligue o forno a 250°C, com uma panela la dentro 
   Assim que estiver quente, passe a massa para dentro da panela, tape e leve ao forno por 30 minutos.
   Tire a tampa e asse mais uns 10 minutos, para obter uma crosta bem crocante.

segunda-feira, 30 de março de 2020

Batalha naval

   Este tempo de isolamento forçado tem obrigado os pais a desdobrarem-se na tarefa de professores e trabalhadores em regime de teletrabalho, sem descurar, todavia, as tarefas domésticas. Estamos a passar, sem dúvida, por tempos desafiantes,mas temos de pensar que tudo serve para nos tornar mais fortes.
   Contudo, o que mais me desgasta é pensar em actividades para entreter estes dois rapazes cheios de energia, após as tarefas escolares. Temos visto filmes e séries, cozinhado em família, dado vida a jogos de tabuleiro que estavam esquecidos na estante. E daté um piquenique já fizémos em plena sala de estar!
   Então lembrei-me que há muito que não jogávamos batalha naval. Criei um template que partilho hoje com vocês. Só precisam clicar aqui e imprimir! :-) 



Bolinhas de tâmaras, cacau e coco


  • Estas bolinhas são perfeitas em qualquer altura do dia, como snack ou naquelas alturas em que nos dá uma vontade de algo doce! Bem nutritivas, podemos comê-las (quase) sem peso na consciência!

Rende cerca de 20 bolinhas




20 tâmaras sem caroço
60 g de coco ralado
40 g de aveia em flocos
20 g de cacau em pó
20 g de óleo de coco
2 colheres (sopa) de água
2 colheres (café) de essência de baunilha
Canela em pó q.b.


Coloque todos os ingredientes num processador e triture até obter uma pasta homogénea.
Leve a mistura ao frigorífico durante 30 minutos.
Forme pequenas bolas com as mãos e conserve no frigorífico até à hora de comer.

sexta-feira, 27 de março de 2020

terça-feira, 24 de março de 2020

Granola de quinoa e chocolate

   É raro a nossa caixa da granola estar vazia. Opto por fazer em casa em vez de comprar. Assim posso escolher os ingredientes que gostamos mais.
  
 Desta vez improvisei com o que tinha em casa. Isolamento a quanto obrigas!





300g de flocos de aveia
200g de quinoa (crua)
60g de sementes de abóbora
55g de caju crú (moído grosseiramente e sem sal)
45g de amêndoa picada
2 colheres (sopa) de cacau crú
4 colheres (sopa) de óleo de côco
100g de mel
200g de chocolate pentagruel

   Pré-aqueça o forno a 160ºC.
   Num recipiente junte a aveia, a quinoa, a abóbora, a amêndoa e o caju.
  À parte, leve ao lume o cacau juntamente com o óleo de coco e o mel,  até ficar tudo dissolvido. 
   Envolva este preparado, rapidamente, na mistura de ingredientes secos.
   Distribua  a mistura no tabuleiro, previamente forrado com papel vegetal, e leve ao forno durante 20 minutos. De 5 em 5 minutos deve ir mexendo a granola, para que fique doiradinha.
   Retire do forno e deixe arrefecer completamente.
   Depois de frio, pique o chocolate e envolva.
   Coloque num frasco hermético.




sexta-feira, 28 de fevereiro de 2020

Num ápice...

"(...) Então pela primeira vez nos apercebemos que a nossa língua carece de palavras para exprimir esta ofensa, a destruição de um homem. Num ápice, com uma intuição quase profética, a realidade revelou-se-nos: chegamos ao fundo. Mais para baixo do que isto não se pode ir: não há nem se pode imaginar condição humana mais miserável. Já nada nos pertence: tiraram-nos a roupa, os sapatos, até os cabelos; se falarmos, não nos escutarão, e se nos escutassem, não nos perceberiam. Tirar-nos-ão também o nome: se quisermos conservá-lo, teremos de encontrar dentro de nós a força para o fazer, fazer com que, por trás do nome, algo de nós, de nós tal como éramos, ainda sobreviva (...)"


(Primo Levi, "Se é isto um Homem")





quinta-feira, 27 de fevereiro de 2020

"O esquecimento é um insulto histórico"


"O esquecimento é um insulto histórico"


   Esta foi uma visita com muito tempo de preparação e de amadurecimento. Era há muito desejada pelo G.

   Conscientemente, avaliámos prós e contras, fizémos uma visita prévia, explicámos, demos livros a ler, assistimos juntos a filmes, séries e documentários, ponderámos se o A. também estaria preparado. E quando achámos que era chegada a hora, a tão desejada visita a Auschwitz-Birkenau aconteceu.
   A manhã estava fria, muito fria, cinzenta e até meio sombria. De uma forma respeitosa, atentos e circunspectos, os nossos rapazes seguiram o caminho em silêncio, enquanto a nossa Educadora, com a sua voz pausada e suave, ía relatando todas as atrocidades cometidas no Campo de Concentração e Extermínio de Auschwitz-Birkenau. Viram fotografias, rostos sofridos de muitos prisioneiros, montras repletas de cabelos, montanhas de sapatos, malas, óculos, próteses, loiças... Sem um único vacilo. E sempre em silêncio (quem os conhece sabe que é muito pouco comum...)
   No final, uma tristeza profunda estampada nos seus rostos, muitas questões e uma imensa incompreensão pelo mal que um ser humano pôde fazer a outro ser humano, apenas pelo «crime» deste ser judeu, ou cigano, ou comunista ou homossexual, ou qualquer outra identidade que não estivesse de acordo com os ideais de "quem mandava".
   Hoje, já no aconchego da nossa casa, reflito em todas as emoções vividas nos últimos dias. E penso em como a cultura da lembrança ganha cada vez mais importância nos tempos conturbados e perigosos que vivemos. E se esta imersão histórica (desconfortável e dolorosa, é certo mas, sem dúvida, transformadora) servir para os tornar seres mais tolerantes, então já terá valido a pena!


Apenas um aparte: chamei Educadora à nossa "guia" porque em Auschwitz é assim que são chamados, já que estão ali para ensinar uma lição de História. A mais dura de todas...




quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020

Granola para os mais novos




200 g de chocolate de culinária partido em pedaços
120 g de amendoim torrado sem sal
100 g de mel
30 g de óleo
450 g de flocos de aveia


   Pré-aqueça o forno a 150°C.
   Coloque o chocolate no copo e triture 3 segundos/ velocidade 6. Retire e reserve.
   Coloque o amendoim no copo e triture 5 segundos/ velocidade 7. Retire e reserve.
   Adicione o mel e o óleo e triture 15 segundos/ velocidade 5.
   Retire, deite sobre os flocos de aveia, envolva bem com a ajuda da espátula e espalhe sobre um tabuleiro de forno. 
   Distribua  a mistura no tabuleiro, previamente forrado com papel vegetal, e leve ao forno durante 20 minutos. De 5 em 5 minutos deve ir mexendo a granola, para que fique doiradinha.
   Retire do forno e deixe arrefecer completamente.
   Envolva o chocolate.
   Coloque num frasco hermético

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2020

Bolo "Pega Marido"

Ora cá está um daqueles bolos para os fãs de bolos enqueijados! Este é realmente delicioso e muito simples de preparar.



1 lata de leite condensado 
1 medida da lata de leite 
1 medida da lata de leite de coco 
1 medida da lata de farinha de trigo 
1/2 medida da lata de açúcar 
3 ovos 
3 colheres (sopa) de margarina


Na Bimby: 
   Ligue o forno a 180°C. 
   Deite todos os ingredientes no copo e programe 40 segundos/ velocidade 4.
   Coloque o preparado numa forma untada e polvilhada. 
   Leve ao forno por 30 a 35 minutos (costumo programar 30 minutos, faço o teste do palito e, se necessário, programo mais 5 minutos). 
   Retire, deixe repousar 20 minutos e desenforme.


Método tradicional:
   Ligue o forno a 180°C. 
   Bata todos os ingredientes no liquidificador por 1 minuto , ou até obter uma mistura uniforme. 
   Coloque o preparado numa forma untada e polvilhada. 
   Leve ao forno por 30 a 35 minutos (costumo programar 30 minutos, faço o teste do palito e, se necessário, programo mais 5 minutos). 
   Retire, deixe repousar 20 minutos e desenforme. 


Eu não faço este bolo com cobertura, mas caso queiram experimentra, deixo-vos esta sugestão:

200 ml de leite de côco
2 colheres (sopa) de açúcar
50 g de côco ralado


Na Bimby: 

   Misture todos os ingredientes no copo e programe 90ºC/ 3 minutos/ velocidade 1.
   Coloque ainda quente sobre o bolo.

Método tradicional:
   Misture todos os ingredientes num tachinho e leve ao lume, até ferver.
   Coloque ainda quente sobre o bolo.

terça-feira, 28 de janeiro de 2020

Gorro "tem de ser verde!"

   Este ano os gorros não páram! entre os pedidos dos filhos e das sobrinhas, as agulhas ainda não pararam! :-) .
   Depois de ter feito os gorros rosa com pompons, tão desejados pela L., pediu-me também um gorro em verde. Tinha mesmo de ser verde. Depois de muito pesquisar, encontrei este esquema, bem simples e rápido de fazer. Tanto que em menos de uma semana consegui terminar o da L. e o da A. 
    A foto é ainda da fase antes dos remates. Agora, só falta que chegyuem a Lisboa, para ainda darem um "ar da sua graça" neste inverno.  


 Gorro «tem de ser verde!»

 

Material:
- Agulhas circulares de 4 mm e de 4,5 mm
- 1 novelo de fio na cor pretendida.
- 1 marcador /
- 1 agulha de costurar lã

Esquema para um diâmetro de cabeça entre os 54 e os 57 cm.

Com as agulhas de 4 mm, monte 94 malhas e junte-as em círculo, tendo o cuidado de não torcer. Coloque um marcador no início da primeira volta.

1 - 11: trabalhe *1 ponto em meia, 1 ponto em liga*, até ao fim da volta.


Troque para as agulhas de 4,5 mm.

12: (9 pontos em meia, 1 aumento) *9. 4 pontos em meia (104 malhas)
13 – 17: todos os pontos em meia

18 – 21: *4 pontos em meia, 4 pontos em liga*
22 – 25: *4 pontos em liga, 4 pontos em meia*
26 – 30: todos os pontos em meia

31 – 34: *4 pontos em meia, 4 pontos em liga*
35 – 38: *4 pontos em liga, 4 pontos em meia*
39 – 43: todos os pontos em meia

44 – 47: *4 pontos em meia, 4 pontos em liga*
48 – 51: *4 pontos em liga, 4 pontos em meia*
52 – 56: todos os pontos em meia

Comece a reduzir:
57: *24 pontos em meia, 2 pontos em meia juntos* (110 malhas)
58: *8 pontos em meia, 2 pontos em meia juntos* (90 malhas)
59: todos os pontos em meia
60: * 7 pontos em meia, 2 pontos em meia juntos* (80 malhas)
61: Knit all
62: *6 pontos em meia, 2 pontos em meia juntos* (70 malhas)
63: todos os pontos em meia
64: *5 pontos em meia, 2 pontos em meia juntos* (60 malhas)
65: todos os pontos em meia
66: *4 pontos em meia, 2 pontos em meia juntos* (50 malhas)
67: todos os pontos em meia
68: *3 pontos em meia, 2 pontos em meia juntos* (40 malhas)
69: todos os pontos em meia
70: *22 pontos em meia, 2 pontos em meia juntos* (30 malhas)
71: todos os pontos em meia
72: *1pontos em meia, 2 pontos em meia juntos* (20 malhas)
73: todos os pontos em meia


Corte o fio, deixando uma ponta longa. Coloque a agulha de coser lã e faça-a passar pelos pontos restantes. Puxe firmemente e aperte.
Costure e remate.





                            «It must be green!»beanie

Material:
- Circular 4 mm and 4,5 mm needles
- 1 skein in the desired color (130 m). I used Schachenmayr Bravo
- 1 stitch marker
- 1 yarn needle


With 4mm 40cm circular needle, cast on 94 sts

Rounds 1 – 11:Knit 1 by 1 rib .

Switch to 4.5mm 40cm circular needle

Round 12: (K9, M1) * 9, K4 (104sts)
Rounds 13 – 17: Knit in stockinette stitch Rounds 18 – 21: K4, P4
22 – 25: P4, K4*
26 – 30: Knit in stockinette stitch

31 – 34: K4, P4
35 – 38: P4, K4*
39 – 43: Knit in stockinette stitch

44 – 47: K4, P4
48 – 51: P4, K4*
52 – 56: Knit in stockinette stitch

Hat decrease:
57: *K24, K2tog* (110 sts)
58: *K8, K2tog* (90 sts)
59: Knit all
60: *K7, K2tog* (80 sts)
61: Knit all
62: *K6, K2tog* (70 sts)
63: Knit all
64: *K5, K2tog* (60 sts)
65: Knit all
66: *K4, K2tog* (50 sts)
67: Knit all
68: *K3, K2tog* (40 sts)
69: Knit all
70: *K22, K2tog* (30 sts)
71: Knit all
72: *K1, K2tog* (20 sts)
73: Knit all



 Cut yarn, leaving a long tail. Draw the tail through the remaining stitches. Pull snug to close the hole.
   Weave in ends. 


segunda-feira, 27 de janeiro de 2020

Bolo de iogurte grego - receita Bimby

   Domingo que se preze tem de ter bolinho. Ainda para mais um domingo de inverno, vestido de de nevoeiro!



6 ovos
1 iogurte grego natural (sem açúcar)
3 medidas de farinha
3 medidas de açúcar
1/2 medida de óleo
2 colheres (de chá) de fermento em pó


   Ligue o forno a 180ºC.
   Encaixe a borboleta nas lâminas do copo.
   Junta-se os ovos e o açúcar e programe 4 minutos/ velocidade 4/ 37ºC.
   Em seguida, programe mais 4 minutos/ velocidade 4.
   Retire a borboleta.
   Adicione o óleo e o iogurte e misture 15 segundos/ velocidade 3.
   Por fim, junte a farinha e o fermento, envolvendo 15 segundos/ velocidade 3.
   Transfira o preparado para uma forma, previamente untada e polvilhada.
   Leve ao forno por 30 minutos.
   Retire do forno, espere uns 10 minutos e desenforme.

quarta-feira, 22 de janeiro de 2020

Etiquetas com contas de plástico (Perler beads)


   E ainda um post dedicado ao Natal. Desta vez para vos mostrar as etiquetas que fizémos para os presentes. Temos muitas contas de plástico cá por casa mas há muito que os rapazes (e eu) as tinhamos esquecido.
   Numa das minhas pesquisas pelo Pinterest, buscando ideias para a decoração dos presentes, deparei-me com algumas fotografias de etiquetas feitas com esse material e não hesitei em desafiar  os pestinhas! 
                             
                            


  Não foi nada difícil encontrar esquemas, o Pinterest está cheio deles. Depois, foi só ir jogando com as cores. E com algum improviso. Em dois serões conseguimos um stock considerável de peças (não as fotografei todas!).




   Depois de feitas e devidamente arrefecidas, foi só colar nas etiquetas. Preferia ter usado das de papel, mas na loja já não havia e tive de trazer das de cortiça.






terça-feira, 14 de janeiro de 2020

As cores à mesa

   E cá estão as fotos da decoração da nossa mesa de Natal - escolhi dourado e verde para a mesa da Consoada e vermelho e branco para o Dia de Natal. 
   Aproveitei material que já tinha dos anos anteriores e só precisei de comprar os pinheirinhos, os Pais Natal e os guardanapos. 














segunda-feira, 13 de janeiro de 2020

Cookies com Pepitas de chocolate

   Estas bolachinhas deliciosas foram a nossa prenda para o Pai Natal. É claro que guardámos umas quantas para nós... que por acaso já não chegaram à mesa do Dia de Natal! Desapareceram todas na noite de Consoada!




125 g de manteiga
110 g de açúcar branco
110 g de açúcar mascavado
1/2 colher (chá) de baunilha
1 ovo
260 g de farinha com fermento
1/2 colher (chá) de sal
150 g de pepitas de chocolate



   Ligue o forno a 180ºC.
   Coloque a manteiga, o açúcar e a baunilha no copo da bimby. Bata por 1 minuto / velocidade 4.
  Adicione o ovo através do buraco na tampa e continue a misturar por 30 segundos / velocidade 4.
   Adicione a farinha e sal e amasse em 30 segundos/ velocidade Espiga.
   Adicione as pepitas de chocolate, e misture muito bem com uma espátula.
  Com uma colher de gelado, forme pequenas bolas e coloque num tabuleiro forrado com papel vegetal, tendo o cuidado de deixar espaço entre elas, pois a massa cresce muito). 
   Leve ao forno por 10 a 12 minutos.
   Deixe-as repousar uns 5 minutos no tabuleiro e depois transfira para uma rede.

quarta-feira, 8 de janeiro de 2020

O regresso!

  Estive de férias. Do trabalho e dos blogues. O que significa que as primeiras publicações deste novo ano serão ainda dedicadas ao Natal. Mas. assim como assim, "O Natal é quando um Homem quiser" , não é verdade? 







Aproveito  para vos desejar um 2020 repleto de sonhos concretizados!



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...